Desde de muito cedo já provava e aprovava de tudo um pouco. À mãe mineira, cabia a tarefa de cozinhar no dia-a-dia, e assim, cuidava da família com mesa farta, criatividade e sempre com novidades. O pai, filho de italianos, dava uma de chef aos domingos e preparava o almoço, sempre com algo inusitado como o inesquecível coelho assado ao vinho tinto, hummmm! que ficou pra sempre na sua memória.

Casou-se muito nova, fazia questão de usar seus dotes culinários para alimentar a família, agora marido e filhos, e mostrar todo seu carinho através do que era servido. Daí já surgia a preocupação com nutrição, pesquisa sobre ingredientes e invenções de receitas, que eram bem aceitas e muito elogiadas pela família e amigos.

O conhecimento culinário diversificado foi sendo estimulado por viagens em família pelo Brasil e exterior.

Nessas viagens, era prioridade visitar os supermercados locais, principalmente o mercado público. O objetivo era apreciar os diferentes tipos de ingredientes típicos de cada região, com suas cores e sabores até então desconhecidos. 
Além disso, o programa favorito da família era conhecer a cultura através da alimentação, então os restaurantes eram previamente escolhidos e a prioridade era conhecer a cultura local e exercitar o paladar, buscando sabores e combinações inusitadas.

Dessa maneira, pode conhecer na prática vários aspectos das culinárias: norte a sul do Brasil, argentina, uruguaia, chilena, canadense, americana e francesa.

Sua vida profissional começou como professora de matemática, depois atuou na área de turismo de aventura e por fim o desejo de transformar o grande prazer de cozinhar em profissão levou-a a cursar gastronomia no Senac, suprindo a necessidade de aprofundar seus conhecimentos e atuar na área com mais destreza.

Já como aluna fez estágio no Hotel Emiliano e no Club Transatlântico, no Senac trabalhou em vários eventos (mais de 20) com chefes renomados do Brasil e do Mundo.
Já formada, trabalhou no evento Prazeres da Mesa ao Vivo III auxiliando na coordenação e prestou consultroria para desenvolvimento de cursos livres de gastronomia do Senac.

Hoje além de gastróloga é especialista em Vigilância Sanitária em Alimentos, pós-graduação realizada na Faculdade de Saúde Pública - USP e sua carreira profissional é voltada à arte de ensinar cozinhar e se alimentar de maneira saudável e assessorar restaurantes em vários aspectos, principlmente no controle de qualidade  e desenvolvimento de produtos.

Agora, após um longo periodo de estudo e trabalho com alimentação saudável, também está apta a prestar consultoria com o objetivo de melhorar, aprimorar e elaborar pratos saudáveis, em diversos estabelecimentos do setor de alimentação.

Desde Fevereiro de 2011 mora no Recife, impulsionada pela vontade de morar no nordeste e aprofundar seus conhecimentos em cozinha brasileira.

No início só ministrava aulas no Centro Universitário Mauricio de Nassau, ficou por dois anos e meio nesse centro universitário como professora das disciplinas de cozinha italiana, cozinha mediterrânea e habilidades de cozinha, saindo dessa instituição para ocupar o cargo de professora substituta na UFRPE..

Já em agosto de 2011 começou a lecionar também na Faculdade Senac PE, na graduação responsável pelas disciplinas cozinha brasileira e cozinha italiana, sempre desenvolvendo projetos em que o aluno compartilha o conhecimento adquirido na instituição com a comunidade.  

Também ministrou por duas vezes na pós-graduação a disciplina Gestão em Patisserie, organizou o I Seminário de Patisserie da Faculdade Senac PE e a I Rodada de Negócios em Patisserie,  com um total recorde de inscritos nos dois eventos.

Em junho de 2013 prestou concurso para professora substituta na Universidade Federal Rural de Pernambuco e hoje ministra as disciplinas Classiaca I (Cozinha Francesa), Habilidades I e II para o curso de Bacharel em Gastronomia.

Aprendeu muito nesses ultimos anos, obteve muito crescimento profissional e pessoal.

Acredita que ainda tem muito o que aprender e conhecer, por isso já planejou seu 2014, o que ela pode dizer é que vem muito estudo e muita novidade por ai.

Bom, resolvi deixar o texto acima e seguir escrevendo para contar o que aconteceu com meu planejamento de muito estudo.

Passei no concurso e no dia 26/08/2014 tomei posse no IFPI. Professora efetiva de gastronomia do Instituto Federal do Piauí, com muito orgulho.

Cheguei no sertão! Céu azul e muitas novidades para mim. Tenho certeza que será um grande aprendizado tanto profissional como pessoal. 

"Na vida aprendi a ter paciência e ter a certeza que cada coisa tem sua hora certa para acontecer."

A vida não para por aqui!

Bom, foi um ano ( ou quase!) de sertão do Piauí. Conheci lugares fantásticos, pessoas incríveis e provei ingredientes e preparaçoes deliciosas, até então desconhecidas. 

No início de 2015 (março) a oportunidade de voltar para Recife apareceu.

Prestei o concurso da UFRPE e passei.

E com muita emoção guardo no coração o dia 21/07/2015, data da posse!

Agora professora efetiva da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE. Responsável pelas disciplinas Clássica I ( cozinha francesa), Cozinha Brasileira e Serviço de Bar e Restaurante.

Agora venho fazer mais uma atualização (2017.1), entrei no mestradoooooo.... uuhhhuuuuuu. 

Sou mestranda em Ciências e Tecnologia dos Alimentos - PGCTA-UFRPE, em breve conto um pouco do meu projeto. No momento só declaro que estou muitooooo feliz com mais essa conquista.

E a minha vida segue.... com esperança, planos novos e com a certeza de que nessa vida tudo é questão de tempo, sem jamais esquecer que tudo é possível.